"O aborto é sempre um mal: para a criança porque é impedida de nascer; para a mulher que o pratica porque física e psiquicamente fica com marcas para o resto da vida; para o pai porque de uma forma ou outra (umas vezes é o impositor do acto, outras porque contra a sua vontade) acaba por carregar aquela culpa e dor; e para a Sociedade que assiste e tem dentro de si estes sofrimentos que tantas vezes geram agonias, danos, depressões e até violências diversas."

Isilda Pegado
Presidente da Federação Portuguesa pela Vida

Cavaco devolve diplomas sobre adopção por casais do mesmo sexo


O Presidente da República anunciou esta segunda-feira a devolução ao parlamento, para reapreciação, do diploma sobre a adopção por casais do mesmo sexo e as alterações à lei do aborto.


Cavaco Silva defende que a alteração proposta "introduz uma alteração radical e muito profunda" ao ordenamento jurídico e que é necessário "um amplo e esclarecedor debate público”.


“Uma decisão corajosa”, diz à Rádio Vaticano António Pinheiro Torres, Vice-presidente da Federação Portuguesa pela Vida que faz uma leitura crítica destas propostas.




Fonte: http://pt.radiovaticana.va/news/2016/01/26/cavaco_devolve_diplomas_de_adop%C3%A7%C3%A3o_por_casais_do_mesmo_sexo/1203783